Google: resultados diferentes para a mesma pesquisa


Já te aconteceu dizeres a alguém que para uma busca no Google estão a aparecer determinados resultados e do outro lado ouvires essa pessoa dizer que os resultados são bastante diferentes? Há uma razão para isso acontecer, trata-se de uma forma do Google te apresentar conteúdos de acordo com as preferências demonstradas.

Se tu, para determinada pesquisa, carregas sempre no quarto resultado, associado a determinado URL, o Google começa a aperceber-se que, no teu caso em concreto, esse site que está no quarto lugar é mais relevante do que o que está em primeiro para essa pesquisa. A partir desse momento, sempre que fazes uma pesquisa dessa keyword e enquanto não limpares os cookies do browser, o Google começa a dar relevância ao resultado que tens vindo a carregar, passando-o para terceiro, segundo ou até mesmo primeiro ligar.

Este tipo de adaptação que o Google faz é única e exclusivamente para o teu perfil e é por isso que outra pessoa que está a fazer a mesma pesquisa obtém resultados diferentes.

Solução

A solução é muito simples. Para conseguires ver os resultados “normais” do Google basta adicionares “&pws=0” ao url.

A partir do momento que colocas esse parâmetro no url o Google deixa de ter em consideração o teu histórico de navegação e apresenta-te os resultado por defeito, como se estivesses a fazer essa pesquisa pela primeira vez.

Exemplo para pesquisa por Nuno Barreto com histórico:

https://www.google.pt/webhp?hl=pt-PT#hl=pt-PT&q=nuno+barreto

Exemplo para pesquisa por Nuno Barreto sem histórico:

https://www.google.pt/webhp?hl=pt-PT#hl=pt-PT&q=nuno+barreto&pws=0

Conclusão

Esta dica é especialmente importante quando trabalhas o ranking de uma página para determinadas keywords. Nesse caso, depois de fazer o trabalho de SEO, vais durante dias seguidos pesquisando as mesmas keywords à espera que a posição nos resultados de pesquisa vá subindo. Se clicares na tua página algumas dessas vezes, o mais certo é que a melhoria seja apenas para ti e não para todas as pessoas que fazem essa pesquisa.

Esta dica é especialmente útil nesse cenário.

Existe mais alguma situação em que aches que esta técnica possa ser aplicada? Partilha-a nos comentários em baixo.

Nuno Barreto

Mensagens populares deste blogue

Remover "Criado com Wordpress"

Whois privado: o que é e para que serve

Porque migrei o blog de Wordpress para Blogger